Loading…
Agile Brazil 2016 has ended
De Volta às Origens
7/11/2016 - 9/11/2016
PUCPR
Curitiba - PR - Brazil

Sign up or log in to bookmark your favorites and sync them to your phone or calendar.

Auditório Mário de Abreu (196 lugares) [clear filter]
Monday, November 7
 

14:00 GMT-02

Pay what you want: Uma nova abordagem para a precificação de projetos ágeis
Precificar projetos ágeis é um dos maiores desafios dessa abordagem. Em especial para profissionais que vendem para empresas acostumadas a contratar por escopo. Mas e se você empoderar seu cliente? E se ele pudesse escolher quanto pagar, baseado no valor que está sendo gerado para ele? Nessa apresentação, será relatado um caso real de consultoria no formato pay what you want ou, pague o quanto quiser. Um case de sucesso, baseado na percepção de valor do cliente, que percebeu que seus interesses estavam acima de interesses comerciais e contratos.

Speakers
avatar for Aline Roque

Aline Roque

Líder de Marketing | Produto | Negócios, Mobiltec
Profissional de marketing, atua na área de tecnologia da informação desde 2005. Atualmente, lidera as áreas de marketing, produto e negócios da Mobiltec Sistemas, trabalhando em conjunto com as equipes de desenvolvimento para a concepção de soluções inovadoras e abertura... Read More →



Monday November 7, 2016 14:00 - 14:50 GMT-02
Auditório Mário de Abreu (196 lugares)

15:15 GMT-02

Um Estudo Empírico sobre a Adoção de Métodos Ágeis para Desenvolvimento de Software em Organizações Públicas
O governo tem adotado métodos ágeis para desenvolvimento de software a fim de melhorar seus resultados em projetos de TI. Porém, há uma falta de informações estruturadas sobre a sua adoção nesse contexto. Uma vez que o setor público tem passado por um significativo processo de modernização para melhorar a qualidade dos serviços públicos, o objetivo dessa pesquisa é apresentar, a partir de um estudo empírico, informações que possam melhorar a compreensão das implicações da adoção de métodos ágeis na perspectiva das organizações públicas, propondo um conjunto de recomendações para a sua adoção.

Moderators
avatar for Rafael Prikladnicki

Rafael Prikladnicki

Director of Tecnopuc, PUCRS

Speakers
avatar for Isaque Vacari

Isaque Vacari

Embrapa
Desenvolvedor e pesquisador em Engenharia de Software com experiência em métodos ágeis e software livre para a criação de produtos e serviços digitais.



Monday November 7, 2016 15:15 - 15:30 GMT-02
Auditório Mário de Abreu (196 lugares)
  WBMA, Apresentação

15:30 GMT-02

ReTest: Framework para aplicar TDD no desenvolvimento de algoritmos não-determinísticos
A técnica TDD é aplicada tradicionalmente em aplicações com algoritmos determinísticos, quando possui uma entrada conhecida e um resultado esperado. O desafio passa a ser, portanto, implementar essa técnica em aplicações com algoritmos não-determinísticos. A proposta desse trabalho é o desenvolvimento de uma framework que permite a extensão da técnica de TDD, para viabilizar a sua aplicação em algoritmos com características não determinísticas.

Moderators
Speakers

Monday November 7, 2016 15:30 - 15:45 GMT-02
Auditório Mário de Abreu (196 lugares)
  WBMA, Apresentação

15:45 GMT-02

Estratégias de Redução de Dívidas Técnicas em Equipes Ágeis
Como a gestão da Dívida Técnica (DT) ainda não faz parte do processo de desenvolvimento de maneira explícita, equipes precisam buscar estratégias para reduzi-las, mas que continuem agregando valor ao negócio. Este artigo apresenta um estudo de caso de como equipes ágeis lidam com as DTs em seu dia-a-dia, observando quais estratégias e práticas de redução de DT são utilizadas. Os dados foram coletados por meio de seis entrevistas com Scrum Masters e líderes técnicos de quatro empresas diferentes. Os resultados sugerem que as equipes se preocupam com a qualidade do software e buscam pagar suas DTs de forma proativa e preventiva. Porém, diversos fatores influenciam na decisão de priorizar as DTs, tais como: a falta de cobertura de testes, o engajamento da equipe, entre outros.



Monday November 7, 2016 15:45 - 16:00 GMT-02
Auditório Mário de Abreu (196 lugares)
  WBMA, Apresentação

16:00 GMT-02

IBM Design Thinking Software Development Framework
The importance of understanding end user needs and involving them in the software development process is well known in software engineering. AgileSoftware Development methodologies have incorporated user feedback in different ways. User stories should represent the needs of a user, but often expressthe views of the Product Owner or the software development team. Several works have investigated integrating User Centered Design into Agile SoftwareDevelopment to satisfy end user needs. This work proposes a different approach focused on satisfying end user needs employing Design Thinking iterative softwaredevelopment. This methodology was applied in five real software development projects which have been analyzed as part of this work.


Monday November 7, 2016 16:00 - 16:15 GMT-02
Auditório Mário de Abreu (196 lugares)
  WBMA, Apresentação

16:45 GMT-02

Uso de Gamificação no Gerenciamento Ágil de Projetos: Um Relato de Experiência
Este artigo aborda a gamificação em um processo de gerenciamento ágil de software utilizado por um laboratório de computação. Laboratórioscomo este possuem particularidades diferentes de organizações atuantes no mercado. De acordo com os eventos do processo de gerenciamento ágil do estudo, elementos e mecânicas de jogos foram utilizados para melhorar o comprometimento e desempenho dos colaboradores e incentivar o seguimentodos eventos no processo. O uso de elementos e mecânicas de gamificação resultou em uma manutenção no comprometimento, aumentou emaproximadamente 30% no desempenho dos colaboradores e contribuiu para a melhoria do seguimento do processo de gerenciamento ágil utilizado.



Monday November 7, 2016 16:45 - 17:00 GMT-02
Auditório Mário de Abreu (196 lugares)
  WBMA, Apresentação

17:00 GMT-02

SimKan: uma abordagem para capacitação em Kanban através de simulação estocástica
Kanban é um metodologia de desenvolvimento de software que tem crescido e ganho cada vez mais adeptos. Com esse crescimento, a necessidade de disseminação do conhecimento no uso de suas práticas é notéria. Por outro lado, a capacitação em processos de software nem sempre é um processo trivial. Muitas vezes é complexo o exerício de algumas práticas de projeto em salas tradicionais de treinamento. Este artigo propõe SimKan, um jogo sério para capacitação em Kanban, que utiliza simulação estocástica para introduzir aspectos de aleatoriedade na execução, permitindo vivência nas principais práticas do método, em curto espaço de tempo e usando ferramentas simples.

Speakers
avatar for Francisco Jose Rego Lopes

Francisco Jose Rego Lopes

Analista de Sistemas, SERPRO


Monday November 7, 2016 17:00 - 17:15 GMT-02
Auditório Mário de Abreu (196 lugares)
  WBMA, Apresentação

17:15 GMT-02

Modelagem em Desenvolvimento Ágil de Software: uma revisão da literatura
Métodos ágeis vem sendo cada vez mais utilizados em desenvolvimento de software. Porém, verificam-se limitações à medida que o uso dos métodos ágeis avançam para projetos maiores, de grande complexidade e em equipes distribuídas. As técnicas tradicionais de projeto de software, como a modelagem, poderiam ajudar a superar estas limitações. Este artigo tem como objetivo identificar os aspectos relacionados a modelagem em projetos de desenvolvimento de software que utilizam métodos ágeis, apresentando o estado da arte neste tópico. Os resultados mostram que a modelagem é utilizada nos métodos ágeis, ao longo de todo o projeto,especialmente nas primeiras iterações. As linguagens de modelagem utilizadas são a UML, diagramas informais, cartões CRC e linguagem textual.Há uma tentativa de aderência aos métodos formais, além do uso de desenvolvimento orientado a modelos em conjunto com os métodos ágeis, semuma comprovação mais abrangente da efetividade destas propostas. Por fim, observamos que faltam na literatura experimentos sobre modelagemrealizados em projetos que utilizam métodos ágeis.


Monday November 7, 2016 17:15 - 17:30 GMT-02
Auditório Mário de Abreu (196 lugares)
  WBMA, Apresentação

18:00 GMT-02

Como migramos do Scrum para o Lean e eliminamos os feudos com células de produto
Essa sessão tem como tema o relato da experiência em conduzir a transição de Framework Scrum para gerenciamento de projetos e processos para a metodologia Lean em uma empresa de desenvolvimento de Sistemas ERP e mudança de equipes que tratavam de vários assuntos (multidisciplinares) para especialização em módulos do sistema com assuntos específicos, a esses novos grupos denominamos de Células Lean por produto.

Ainda nessa sessão, será abordado a motivação para essa migração, a mudança de cultura da equipe e de outros setores, os conflitos e expectativas, o processo de mudança e os primeiros resultados já colhidos.

Speakers
avatar for Daniel Carrara

Daniel Carrara

Agile Project Manager, Sankhya



Monday November 7, 2016 18:00 - 18:25 GMT-02
Auditório Mário de Abreu (196 lugares)
 
Tuesday, November 8
 

11:00 GMT-02

Explorando as fronteiras do Desenvolvimento Ágil na Era Digital
Agilidade é mainstream em desenvolvimento de software há uma década. Com a competitividade da Economia Digital, ser ágil é simplesmente uma necessidade. Enquanto algumas questões originalmente polêmicas, como pair programming e TDD, já foram investigadas e consolidadas, outras surgem ou permanecem desafiadoras. 

Nesta sessão vamos explorar limites de conhecimento científico e aplicado em desenvolvimento ágil na era digital, onde pesquisadores e indústria estão concentrando esforços de aprofundamento. Áreas como segurança, analytics, end-user development, engenharia organizacional e gênero serão nosso foco.

Speakers
avatar for Claudia Melo

Claudia Melo

Professor & Advisory Board Member, University of Brasília & Mulheres na Tecnologia
Nos últimos 17 anos, trabalhei na indústria de software, resolvendo problemas em diversos domínios. Desde 2010, ensino alunos de graduação e pós-graduação. Construir habilidades na indústria e na academia sempre foi desafiador e divertido! Atualmente, sou Professora Adjunta... Read More →


Tuesday November 8, 2016 11:00 - 11:50 GMT-02
Auditório Mário de Abreu (196 lugares)
  WBMA, Keynote

12:15 GMT-02

Utilização de Metodologias Ágeis em Ambientes de Desenvolvimento Distribuído de Software
O gerenciamento é um dos fatores com influência direta no sucesso da execução de um projeto realizado em ambiente de Desenvolvimento Distribuído de Software (DDS), visto que, o mau gerenciamento pode ocasionar em atrasos no cronograma, perca de produtividade e custos elevados. Este artigo apresenta os benefícios da utilização de algumas das principais práticas ágeis, diante dos desafios e dificuldades encontrados em gerenciamento de projetos em ambientes de DDS. Os resultados foram coletados em uma pesquisa de abordagem quantitativa com a aplicação de um survey em trinta e cinco profissionais da área. Os resultados deste trabalho indicam uma contribuição positiva do uso dessas práticas.

Speakers
avatar for Marcelo Teixeira

Marcelo Teixeira

Professor Doctor, FEDERAL RURAL UNIVERSITY OF PERNAMBUCO, BRAZIL
Professor Doctor of Federal Rural University of Pernambuco (Núcleo SEMENTE - Chemical Departament) - Department of Statistics and Informatics


Tuesday November 8, 2016 12:15 - 12:30 GMT-02
Auditório Mário de Abreu (196 lugares)
  WBMA, Apresentação

12:30 GMT-02

Validation Board: Invalidando ideias e descobrindo bons negócios
A Aprendizagem Baseada em Projetos (ABP) é um método de ensino bastante explorado nos cursos de Ciência da Computação. Para implementá-lo, é necessário escolher bons problemas que guiaram o aprendizado dos alunos. Esses problemas devem instigar o interesse dos alunos, estimular a colaboração e ajudá-los a desenvolver seu conhecimento sobre os assuntos relacionados ao curso. O presente trabalho apresenta um estudo de caso que buscou verificar como o processo de Invalidação de Ideias do Lean Startup aplicada através do Validation Board, uma ferramenta de avaliação de estratégias de negócio, podeauxiliar a escolha de problemas significativos. Os resultados iniciais indicam que a estratégia auxilia os alunos a descartar ideias ruins, aperfeiçoar ideiasinteressantes e escolher produtos que são de fato utilizados por usuários reais.

Speakers
avatar for Avelino F. Gomes Filho

Avelino F. Gomes Filho

Agile Coach and Trainer / Msc. Student, Knowledge 21 / UFRJ
I am a software developer that went through all IT steps. I started in 1998 with microcomputers maintenance. In 2000 I became a programmer, and since that, I played the role of developer, systems analyst, project manager, Scrum Master, Product Owner, functional manager and Agile Coach... Read More →



Tuesday November 8, 2016 12:30 - 12:45 GMT-02
Auditório Mário de Abreu (196 lugares)
  WBMA, Apresentação

12:45 GMT-02

Aplicação de um Modelo de Maturidade Ágil na Empresa Softdesign
Este artigo descreve como a empresa SoftDesign aumentou a aderência ao Scrum de seus projetos de desenvolvimento ágeis. Foram estudados modelos de maturidade ágeis e, a partir da aplicação da avaliação de um destes nos projetos ágeis em andamento, foi possível perceber e implementar as melhorias necessárias. O resultado deste trabalho foi positivo para a empresa, mas gerou uma reflexão entre a compatibilidade de seguir um modelo de referência e trabalhar em ágil.



Tuesday November 8, 2016 12:45 - 13:00 GMT-02
Auditório Mário de Abreu (196 lugares)
  WBMA, Apresentação

13:00 GMT-02

Premiações e Encerramento do WBMA
Nesta sessão apresentaremos o melhor artigo e o revisor premiado pelo evento.

Speakers
avatar for Bernardo Estácio

Bernardo Estácio

PhD Candidate, PUCRS
avatar for Tiago  Silva da Silva

Tiago Silva da Silva

Profesor, ICT-UNIFESP
Agile UX Researcher; Professor at UNIFESP; Visiting Professor/Researcher at UofC.

Organizer
avatar for Rafaela Mantovani Fontana

Rafaela Mantovani Fontana

Lecturer and Researcher, Federal University of Paraná


Tuesday November 8, 2016 13:00 - 13:15 GMT-02
Auditório Mário de Abreu (196 lugares)
  WBMA

14:45 GMT-02

É hora das estimativas. Óh... E agora, quem poderá nos ajudar?
Quanto tempo estamos gastando para estimar? Quantas vezes acertamos essas estimativas? Será que realmente acertamos ou estamos apenas nos adequando a elas?
Está na hora de mudarmos o foco, que tal começar a medir!?!?!



Tuesday November 8, 2016 14:45 - 15:35 GMT-02
Auditório Mário de Abreu (196 lugares)

16:00 GMT-02

Curtir uma ideia não basta: Aprenda porque o usuário não quer o seu produto
Com o movimento Lean Startup, aprendemos que "sair do prédio" e conversar com os futuros usuários é fundamental, em especial através de entrevistas para validar suas hipóteses e sua ideia de produto, porém sem planejamento, um bom roteiro e algumas técnicas esse trabalho pode ser desperdiçado com um monte de informações coletadas e pouco aprendizado real sobre os problemas e o dia-a-dia de seus futuros usuários.

Nessa apresentação vamos compartilhar nossa experiência prática em conduzir milhares de entrevistas com usuários, desde a preparação do roteiro e do plano de pesquisa até a condução das entrevistas e a compilação e compartilhamento dos resultados, e vamos também compartilhar diversas dicas sobre os erros mais comuns a serem evitados.

Speakers
avatar for Priscila Machado

Priscila Machado

UX Designer, Agile Coach, Bravi
Praticante de esportes e atividades físicas aleatórias e não relacionadas, altamente engajada na realização de confraternizações que contenham coxinhas e cervejas. Apaixonada por design thinking e tudo que se relaciona a entrega de valor, user experience, lean e agile.



Tuesday November 8, 2016 16:00 - 16:50 GMT-02
Auditório Mário de Abreu (196 lugares)
 
Wednesday, November 9
 

14:00 GMT-02

Bons requisitos necessitam de documentação complexa?
O levantamento, análise e documentação de requisitos vem ganhando força, mostrando o valor que esta atividade traz para o processo de desenvolvimento de software.
Ter e manter uma metodologia de desenvolvimento de requisitos, ou então tirar o melhor das metodologias existentes, exige grande conhecimento e maturidade do profissional.

Nesta palestra irei falar como é possível elaborar requisitos com alto nível de abstração e interpretação e acima de tudo de forma ágil.


Wednesday November 9, 2016 14:00 - 14:25 GMT-02
Auditório Mário de Abreu (196 lugares)

14:30 GMT-02

Follow the white rabbit
Assim como Alice no País das Maravilhas, durante o desenvolvimento de um produto somos lançados á  toca do coelho e, para muitos, é onde a aventura começa. Num mundo complexo, onde a capacidade de adaptar-se rapidamente ao desconhecido é a resposta para soluções inovadoras, você e seu time estão preparados para responder a mudanças mais do que seguir um plano?

Speakers


Wednesday November 9, 2016 14:30 - 14:55 GMT-02
Auditório Mário de Abreu (196 lugares)

15:15 GMT-02

Uma compilação das técnicas e práticas usadas em 'MOB Programming'
Muitas pessoas acham que é ineficiente e um desperdício em ter toda a equipe trabalhando em um problema. Será que não poderíamos tirar mais proveito dos integrantes desta equipe se dividir e conquistar?
Woody Zuill, que introduziu a ideia de "MOB Programming", diz que não."MOB Programming" é quando todas as pessoas estão trabalhando na mesma coisa, ao mesmo tempo, no mesmo espaço e no mesmo computador. Além de resolver determinado problema com mais facilidade, esta abordagem facilita a comunicação e a aprendizagem dos integrantes no projeto, além de aumentar a qualidade do código.
Venha conhecer a diná¢mica desta abordagem, o ambiente físico predominante, os papéis de cada participante no processo através de exemplos encontrados na literatura bem como a experiência do palestrante.

Speakers
avatar for Frederico Oliveira

Frederico Oliveira

Coordenador de Projetos, SIDI (SAMSUNG Instituto de Desenvolvimento para Informática)
Graduado e mestre em Engenharia de Computação, também com pós-graduação em Gerenciamento de Projetos e Engenharia de Software. Possui as certificações OCA Java 7, Scrum Master (SCM) e Management 3.0. Foi palestrante na Agile Conference 2015 em Washington/EUA, além nos eventos... Read More →



Wednesday November 9, 2016 15:15 - 15:40 GMT-02
Auditório Mário de Abreu (196 lugares)

15:45 GMT-02

Um código de conduta para o desenvolvedor
Um profissional no desenvolvimento de software esta exposto a situações de tamanho poder que muitas das vezes este não sabe direito como se comportar ou se preparar para os desafios que virão em sua carreira.

Baseado em literaturas como CLEAN CODE, CLEAN CODER, O programador Pragmático e Refactoring, elaborou-se um código de conduta para o desenvolvedor na empresa DB1 Global Software. Isto partiu de um comitê técnico que conduziu este assunto e foi difundido em toda companhia através de um livro impresso que todo funcionário ganha ao ser contratado.

Mais do que ser um livro escrito o objetivo é mudança de ambiente e profissionalização dos desenvolvedores.

Speakers
avatar for Wagner Fusca

Wagner Fusca

Agilista, Matera
avatar for Everton Tavares

Everton Tavares

Dev, DB1 Global Software



Wednesday November 9, 2016 15:45 - 16:10 GMT-02
Auditório Mário de Abreu (196 lugares)
 


Twitter Feed

Filter sessions
Apply filters to sessions.